Acesso Rápido

Última alteração realizada em 31/08/2016

Perfil do Profissional

O curso de Medicina Veterinária procura formar um profissional capaz de resolver problemas existentes nos ambientes de negócios, os quais não estão separados por áreas puras de conhecimento. Por isso, o curso envolve um conjunto de componentes curriculares de conteúdo geral (básico), profissionalizante (específico), quantitativo e complementar.

Com os objetivos a que se propõe alcançar e em cumprimento à Resolução CNE/CES 1, de 18 de fevereiro de 2003, que institui as diretrizes curriculares para os cursos de bacharelado em Medicina Veterinária, os profissionais que se pretende formar neste curso deverão, no mínimo, ser capazes de:

a)    reconhecer e definir problemas, equacionar soluções, pensar estrategicamente, atuar preventivamente, transferir e generalizar conhecimentos e exercer, em diferentes graus de complexidade, o processo da tomada de decisão;

b)    desenvolver raciocínio lógico, crítico e analítico presentes nas relações formais e causais entre diferentes fenômenos, bem como expressando-se de modo crítico e criativo diante dos diferentes contextos sociais;

c)    ter iniciativa, criatividade, determinação, vontade política e administrativa, bem como vontade de aprender, abertura às mudanças e consciência da qualidade e das implicações éticas do seu exercício profissional;

d)    formar profissionais humanistas com capacidade de atuação junto à sociedade com ética e responsabilidade profissional, que tenham perfil generalista, com sólido conhecimento nas áreas de formação básica, geral e profissional do curso, capacidade de trabalhar em equipe, proporcionando a interdisciplinaridade no trato das questões técnicas;

e)    possuirvisão crítica, capaz de reavaliar o seu potencial de desempenho e ajustar-se com competência as novas demandas geradas, capazes de implementar todas as tarefas inerentes à profissão, sempre concernente com o mercado de trabalho e desenvolvimento de novas tecnologias;

f)     visar o desenvolvimento cognitivo, de habilidades e atitudes, a serem considerados no perfil do médico veterinário, deve valorizar, entre outros aspectos, ações no âmbito de seus campos específicos de atuação em saúde animal, clínica e cirurgia veterinária; saneamento e Medicina Veterinária preventiva, saúde pública e inspeção e tecnologia de produtos de origem animal, produção e reprodução animal, ecologia e proteção ao meio ambiente.

            O médico veterinário formado na FAMUR terá capacidade de produzir textos, emitir laudos técnicos, investigar e elaborar trabalhos e artigos, projetar, executar e gerenciar planos e projetos agropecuários, agroindustriais, ambientais e de biotecnologia. Em função da sua formação acadêmica, estará atento quanto às exigências do empreendedorismo, seja no agronegócio, na indústria, em estabelecimentos veterinários, hospitais, clínicas e consultórios veterinários e também deverá estar habilitado na sua plenitude para atuar na direção, docência, pesquisa e extensão em instituições públicas e privadas. Devido à necessidade de inserção do Médico Veterinário no contexto globalizado, o profissional egresso deverá ter consciência da necessidade do domínio de outros idiomas e das novas tecnologias de informação e comunicação.

            O profissional médico veterinário deverá compreender e atuar no processo saúde-doença sendo detentor de capacidade de raciocínio lógico, de observação, de interpretação e de análise de dados e informações, bem como dos conhecimentos essenciais de Medicina Veterinária, para identificação e resolução de problemas.Como consequência, deverá ser capaz de realizar suas atividades profissionais de acordo com os mais altos padrões de qualidade e os princípios éticos científicos e metodológicos, em contextos diversos e diante de diferentes problemas e situações e estabelecer estratégias para o seu crescimento e aperfeiçoamento, dedicando-se ao aprendizado e ao seu aprimoramento contínuos, tanto na sua formação quanto na sua prática.

 

 

Mapa do Site